Os nossos vinhos

Quinta Da Côrte – Gran Reserva 2013

A colheita foi marcada por grandes contrastes: após uma primavera amena e chuvosa, o verão caracterizou-se por uma seca histórica. Felizmente, em setembro, alguns aguaceiros abençoados permitiram reequilibrar o ano.

Foram especialmente selecionadas várias parcelas de vinha para produzir este grande tinto do Douro. A sua exposição norte-nordeste faz com que as uvas amadureçam com harmonia e mantenham toda a sua frescura.

Proveniente de 40 % de Touriga Franca, 20 % de Touriga Nacional e de 40 % de Tinta Roriz, esta colheita estagiou durante 12 meses, estando 75 % da mesma em barricas, entre as quais algumas novas (30%.) O quarto restante foi vinificado em cubas de inox.

Cor: Grená rubi com reflexos de tinta.

Nariz: muito expressivo, completo, apresenta aromas de geleia de amora e groselha-preta, framboesa, pimenta, alcaçuz, acabando por revelar aromas florais elegantes e notas subtilmente torradas.

Na boca: Macio, carnudo e muito saboroso, suportado por uma variedade de taninos suaves e cremosos. A sua acidez dispersa vem equilibrar um conjunto marcado pela elegância, do início até ao fim da prova. suaves e cremosos. A sua acidez dispersa vem equilibrar um conjunto marcado pela elegância, do início até ao fim da prova. No final, a sua densidade, persistência e fineza relembram com êxito a marca mineral dos xistos.

Pode ser conservado durante mais de 10 anos na adega.

Quinta Da Côrte – Gran Reserva 2014

A colheita 2014 revela uma concentração magnífica, uma mineralidade e um aspeto frutado de uma grande pureza. O trabalho dos solos e da vinha, bem como as reservas hídricas certas, alimentadas pelas chuvas regulares do inverno e da primavera, permitiram ultrapassar a canícula do verão. A maturação das uvas foi especialmente harmoniosa.

Contrariamente a 2013, esta colheita é exclusivamente composta por Touriga Nacional e Touriga Franca em partes iguais.
Estagiou integralmente em barricas, 30% das quais são novas.

Cor: Grená púrpura com reflexos de tinta.

Nariz: opulente e fresco, revelando uma grande complexidade. Depois dos frutos vermelhos e pretos, liberta notas florais e elegantes de iris e depois de pimenta.

Na boca: denso e muito encorpado, a impressão inicial ampla e franca, evoluindo com vivacidade para apresentar em seguida uma variedade de taninos, presentes, mas aveludados. Por fim, extremamente persistente, o que lhe confere um toque final brilhante. O seu aspeto tânico, mas sem asperidade demonstra mais uma vez que se trata de uma excelente reserva.

Pode ser conservado durante 15 anos na adega.

Princesa 2014

Après un printemps plutôt humide, la pousse est rapide. L’été bénéficie de pluies régulières, qui demande une surveillance accrue contre
la forte pression des maladies cryptogamiques. Après un épisode caniculaire en septembre, l’année engendre un millésime intéressant, avec des vins fins et savoureux, d’une grande minéralité.

Assemblage : 15 % de Touriga National, 10 % de Tinta Cao, 75 % de Touriga Franca.

Elevage : 12 mois en barriques de 1 vin de 225 L et de 500 L, afin d’éviter de trop marquer le fruit par le boisé.

Dégustation : Une robe couleur pourpre aux reflets d’encre. Le nez puissant et expressif dégage immédiatement des arômes de fruits noirs comme la quetsche, le sureau, le cassis. Viennent ensuite la framboise, les épices, le poivre et enfin une superbe minéralité.

Bouche : La bouche dense, à l’attaque ample évolue avec puissance et une remarquable onctuosité et fraicheur de tanins. L’on y retrouve tous les fruits rouges et noirs pré sents au nez, des saveurs de cacao, de café et de fines saveurs mentholées. La finale tannique, s’étire longuement avec beaucoup d’élégance.

On pourra le conserver 15 ans en cave.